PERFORMANCE

Como erguer baronatos [2018]

Foto/Photo: Ricardo Miyada

A performance Como erguer baronatos faz parte de uma série de performances que investigam o enriquecimento de impérios a partir da produção e comercialização de commodities utilizando mão de obra negra escravizada em períodos coloniais.

No trabalho citado, o café, também chamado uma vez de “ouro negro”, é utilizado para rememorar as condições em que se deu o cultivo deste produto no Brasil, que não só alavancou o desenvolvimento da economia brasileira durante o século XIX e início do século XX, como concedeu à muitos ascensão nobiliárquica, lucros, heranças e consequências refletidas até a atualidade.

No trabalho a artista desenha no solo diversas cruzes utilizando café em grão. Após o desenho, as cruzes são recolhidas com uma pá.

How to raise baronates [2018]

The performance How to raise baronates is part of a series of performances that investigate the enrichment of empires from the production and marketing of commodities using black slave labor in colonial times.

In How to raise baronates, coffee, also called once “black gold”, is used to recall the conditions under which this product was cultivated in Brazil, which not only leveraged the development of the Brazilian economy during the nineteenth and early twentieth centuries but also gave many nobility titles, profits, inheritances and consequences reflected to the present.

In the work the artist draws several crosses on the ground using coffee beans. After drawing, the crosses are collected with a shovel.