PERFORMANCE

Purificação I [2013]

Foto/Photo: Shay Peled

Apropriando-se de palavras pejorativas comumente utilizadas para se referir ao indivíduo negro, gradativamente a artista transfere estas palavras que inicialmente estão escritas em seu corpo, ao chão. Pinta-as com tinta guache no solo, ao mesmo tempo em que caminha sobre essas palavras, deixando sobre elas suas pegadas. Paralelamente a esta ação lava o seu corpo e retira de sua pele essa sujeira momentânea.

O corpo antes frágil e sujeitado a uma representação pejorativa, transforma-se em agente ativo de poder, que rejeita esta representação e se purifica tanto interna quanto externamente ao se lavar desta alcunha a ele imputada.


Purification I [2013]

Taking advantage of pejorative words commonly used to refer to the black individual, I gradually transfer these words that are initially written on my body, to the ground. I paint them with gouache paint on the ground, at the same time I walk on these words, leaving my footprints on them. Parallel to this action I wash my body and remove from my skin this
momentary dirt.

The body, once fragile and subjected to a pejorative representation, becomes an active agent of power, which rejects this representation and purifies itself both internally and externally by washing from this nickname imputed to it.